Notícias
Sala da Mulher

Parceria

Presidente da Sala da Mulher se reúne com líderes evangélicos e oferta promover ações sociais de maneira conjunta

24/01/2023 ás 15:40:00

Assessoria
Fonte: Assessoria
Foto por: Assessoria

A Casa reconhece a importância do apoio dos líderes evangélicos na realização de eventos ao longo do ano para engradecer os serviços de cunho social à população local

O encontro se deu na noite de segunda-feira (23/01), na Sala da Mulher, situada no anexo da Câmara Municipal de Nossa Senhora do Livramento/MT. Na ocasião, a nova presidente da entidade, vereadora Oneide Maria, explanou sobre o objetivo central dos trabalhos realizados pela Sala da Mulher desde a sua criação, no dia 8 de março de 2022, e a importância do apoio dos líderes evangélicos na realização de eventos ao longo do ano para engradecer os serviços de cunho social à população local.

Assim, a vereadora ressaltou sobre a abertura da sua gestão, que segue até dezembro de 2024, para desenvolver políticas públicas voltadas para as mulheres de Nossa Senhora do Livramento. “Assumimos a Casa recentemente e estamos planejando atividades estratégicas para viabilizar auxilio o qualquer tipo de ganho as mulheres do nosso município, seja ela do campo, da cidade e de qualquer segmento religioso. Nossa intenção é realizar atividades em conjunto, em especial, neste momento, com a ala feminina das igrejas”, disse a presidente.

As lideranças ouviram atentamente e concordaram que a homogeneidade das igrejas junto aos serviços prestados pela Sala da Mulher se tornará um importante fenômeno positivo a repercutir em médio e curto prazo na sociedade livramentense, mais especificamente na assistência social, pois, juntos poderão desempenhar atendimentos aos excluídos de serviços sociais e até de bens matérias da comunidade.

Ao final ficou acertado que novos encontros serão realizados para formatar serviços de atendimentos femininos no Dia Internacional da Mulher que acontece no dia 8 de março.

Vale ressaltar que dentre as funções da Sala da Mulher de Livramento, se inclui; receber e acompanhar denúncias de discriminação e violência contra a mulher e encaminhar aos órgãos competentes; cooperar com organismos na promoção dos direitos da mulher; promover seminários, audiências e debates que visam o empoderamento feminino.

Compartilhe esta notícia!